terça-feira, junho 30, 2015

Projeto #Mirades2015 e #Gratidão #byRosaAlbertí - #Julho


Uuuuufa!!! Mais um mês apertaaaado!! Mas, alelóóóia! Consegui fechar mais um desafio fotográfico. Um não! Dois projetos no mês: o mirades2015 e o Gratidão. Para quem está chegando agora, serão 365 dias para cada projeto fotográfico...
Não conhece? Quer participar?
Clique aqui! E aqui também!

Quanto às considerações...acho que o tema de número '29' possa deixar você um pouco confuso... a inspiração veio do filme propriamente dito.
Onde quero chegar? Quem é você realmente?
É claro que no filme, o personagem (os) tem dupla personalidade...mas, gostaria de propor o seguinte: quem você é quando ninguém está vendo? O que você faz que só você ou pouquíssimas pessoas sabem que você faz...ou fala...?
(Não vale ser pornográfico... há crianças na sala...rs)
Ou use sua imaginação...a lente da sua câmera/celular é o limite!

*Gostaria de agradecer aos munitos e queridos que estão participando dos projetos ou só de um... não importa! Tô feliz "que nem" pintinho no lixo! rsrs 
(Não esqueçam que precisam taguear as fotos com #mirades2015 #byRosaAlbertí ou #gratidão #byRosaAlbertí, ok?)

**Valeu às pessoas queridas que posaram para as fotos no projeto #Gratidão!!! (Ameeeei!)

***Moooooitas desculpas, pois estive atrasadíssima  - também - neste mês para postar as fotos!!! Porém, Yeeees!!! Consegui!!!
Só preciso fazer dois posts - um, com as fotos que rolaram nos projetos no mês de Maio e outro no mês de Junho...
"Oeeee!!! My name is Atraso! Rosa Albertí Atraso... "
\o/ 
#Oh_Lord 
#atéquando ?
#Ajudaaxente 


Qualquer dúvida, grita aeeee!!! Mande um e-mail! Cartinhas! Um sinal de fumaça!!! Telegrama! Telepatia! rsrs
"Tamozaí" na atividade! 

"Grandes coisas fez o Senhor por nós, por 

isso estamos alegres." 

(Salmos 126:3)


Molts petons!!! Bona tarda!!
Hasta!!!

Sigam-me os bons:

@meninarosa *** Store menina rosa *** Instagram ***


 Facebook *** Flickr *** Micro-contos da menina 

segunda-feira, junho 22, 2015

#Sunshine - O que tem deixado meus dias cinzentos mais ensolarados... Meu mundo #LEGO

A-hã... a tag tá pra lá de atrasada... seeempre aliás, como qualquer um dos meus projetos fotográficos...(aliás, se eu não deixasse atrasar, não seria eu...rs)
Mas, sabe de uma coisa...a vida já é dura, metódica e ranzinza demais para que eu permita que tudo o que eu gosto de fazer, como fotografar, desenhar, blogar e outros "ar" se torne da mesma forma...
Claro que se eu pudesse, não me atrasaria...mas, como boa DDA que sou, é inevitável... e quando não é isso, é por motivo de força maior messss...(A vida é séria demais e não curte muito brincar...rs A criança que vive dentro de mim às vezes não entende mas, logo se aquieta e calça seus sapatos altos para ir trabalhar.)
Brincar...quem não gosta?
(Eu gosto demasiadamente..rsrs...)
E já que teve #DIY com LEGO, que tal colorir geral?
Bóóóóra!!!
Tantas idéias para se fazer com essas pecinhas fofinhas e coloridas...



























"Balenhas" de gelatina!!!! Nhamy!!!






Lindinho!!
"I do!" rs


\o/

Queroooooo!!

Gostei!

Perfeito!!

Essa idéia da casinha na árvore é a que mais me apaixonei!! Que graaaaaça... 


E para finalizar, conheça o Projeto Dispatchwork idealizado pelo designer alemão Jan Vormann e realizado em sua terra natal, Berlin. Logo se aglomeraram crianças e adultos com peças LEGO para esconder os buracos e paredes e outros lugares maltratados pelo tempo.
O Projeto começou por volta de 2007 e se espalhou em 35 cidades em todo o mundo e não para de crescer.
(Pecinhas LEGO nas paredes, muros e bancos de praça começam a ter uma nova cara...tudo muito colorido e divertido! Será o novo Grafiti?  #Vamos_acompanhar rs)
Muito mais fotos aqui!










Huuuum!!! Tem DIY!!! Fiz um porta-controle remoto!!! Só clicar aqui!!!

Agora, minha "quiança" interior vai fazer "nanona" - como diz minha avó Rosa - porque amanhã é dia de gente grande...bem cedo...mas, depois ela volta pra casa...
pra de novo brincar!!!


"Grandes coisas fez o Senhor por nós, por 

isso estamos alegres." 

(Salmos 126:3)


Molts petons!!! Bona tarda!!
Hasta!!!

Sigam-me os bons:

@meninarosa *** Store menina rosa *** Instagram ***


 Facebook *** Flickr *** Micro-contos da menina 


#Aventurasnacozinha - #Paella


Mu-ni-tooooos!! rs
Nhamy!!! Que fome!!!rs
Vocês concordam que no inverno dá a "mó" fome? #meleeeevre !!
(Onde vamos parar, #Oh_Lord... no caso, eu, néanh.. abafa...rs)

Dr Ducaaaan, um xêêêro, gaaaato! hehe

Éééé...dei um tempo na dietinha de proteína... mas, #vamos_acompanhar...

Enquanto isso, na sala de justiça...

Fazia teeeeempo que eu queria fazer essa receitinha espanhola.
Detesto de paixão como se não houvesse amanhã com todas as minhas forças frutos do mar...Éca...
Mas, caaaalma! Nem falei da vegetariana!! Atooooroum!!!
\o/
(É para glorificar a Deus de péééé, igreeeejaaa...!)
Bóra? Huuuum...


Você vai precisar dos seguintes "breguenaits": rs 
  • ¼ xícara (chá) de azeite extra virgem
  • 1 unidade de cebola picada em cubos
  • 1 dente de alho picado
  • 1 ½ xícaras (chá) de arroz para paella ou arroz agulhinha “branco”
  • 3 xícaras (chá) de água fervente
  • ½ xícara (chá) de pimentão vermelho, amarelo e verde sem pele*, cortados em tiras
  • 2 unidades de tomate sem pele e sem sementes, cortado em cubos
  • 1 xícara (chá) de ervilha congelada
  • 1 xícara (chá) de azeitonas pretas sem caroço
  • ½ xícara (chá) de cogumelo , fatiado
  • Sal e pimenta do reino 



Como fazer?


1. Aqueça bem uma frigideira grande ou wok e adicione 2 colheres (sopa) azeite, metade da cebola picada e o alho. Coloque uma pitada de sal e refogue em fogo baixo por 1 minuto.
2. Junte o arroz, 1 ½ xícara (chá) de água, uma pitada de sal. Aumente o fogo e quando a água ferver, diminua o fogo e tampe a panela.
3. Quando a água secar, espalhe o arroz na lateral da frigideira e deixe o centro livre para refogar os restante dos ingredientes.
4. Em fogo baixo acrescente 1 colher (sopa) de azeite e refogue o pimentão e a ervilha. Junte a azeitona e mais 1 ½ xícara (chá) de água fervente. Misture bem o arroz com os ingredientes refogados no centro da frigideira e a água fervente.
5. Tampe a panela e em fogo baixo cozinhe até a água secar.
6. Adicione mais sal, se necessário.
7. Quando a água secar, disponha os cubos de tomate e as fatias de cogumelo sobre a paella. Aumente o fogo para a chama mais potente e adicione o restante do azeite.
8. Tampe a panela e cozinhe por mais 4 minutos**.
*Para retirar a pele do pimentão: espete o pimentão em um garfo e leve diretamente para a chama do fogão. Deixe queimar até que a pele fique totalmente queimada (não se preocupe, o interior não ficará com gosto de queimado). Após toda a superfície da pele estar “preta”, envolva o pimentão em papel alumínio, por 10 minutos. Retire do papel alumínio e em baixo de água corrente vá retirando a pele com o auxílio das mãos e de uma faca pequena.
**O arroz deve grudar ligeiramente no fundo da frigideira. Isso é uma característica da paella. Se necessário, deixe mais alguns minutos em fogo alto até o arroz grudar no fundo da frigideira.
Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 1 hora
Dificuldade: Fácil

Essa minha amiguinha é a Midori - deixei esse nome mesmo - e já falei dela aqui!!!


Mas...vem cá...como surgiu a Paella? 

A Terra Natal deste prato é a região de Valência, na costa leste da Espanha. Ele surgiu como alimento dos camponeses, nos séculos XV e XVI, quando saíam para o trabalho rural, levando arroz, óleo de oliva e sal, além do recipiente para cozinhar: uma panela redonda com alças, ampla e rasa chamada de "Paella". Esse formato facilitava o mexido do arroz e seus componentes durante o preparo, proporcionando um cozimento por igual.



Como a origem desta verdadeira delícia está fortemente relacionada ao campo, incorporavam à receita do prato os ingredientes que encontravam, tais como, carne de caça, sobretudo de lebre e de pato, legumes da estação e açafrão (nobre especiaria) retirada das flores, dando o colorido amarelado ao arroz.
Passado algum tempo, a Paella difundiu-se e alcançou o litoral. Aí acrescentou-se os frutos do mar: camarões, lulas, vôngoles, mexilhões, lagostins e polvo, tornando-o um prato mixto (terra e mar).

A origem da Paella vem do latim "Patella", bandeja usada na antiga Roma destinada às oferendas aos Deuses, nos rituais de fecundação da terra.
Dizem também os historiadores que a palavra "Paella" surgiu quando os trabalhadores rurais voltavam para seus lares nos finais de semana e em homenagem às suas esposas preparavam essa deliciosa iguaria "Para Ellas" dando origem ao nome.

A Paella é um prato festivo que os Espanhóis saboreiam em datas marcantes como: casamentos, aniversários, batizados, feriados religiosos e finais de semana.


"Grandes coisas fez o Senhor por nós, por 

isso estamos alegres." 

(Salmos 126:3)


Molts petons!!! Bona tarda!!
Hasta!!!

Sigam-me os bons:

@meninarosa *** Store menina rosa *** Instagram ***


 Facebook *** Flickr *** Micro-contos da menina 


sexta-feira, junho 19, 2015

#DIY - Um porta-controle remoto de pecinhas #Lego para chamar de meu!


Munitinhooooos!!! Saudades...
:(
Tá difícil de me organizar nessa vida, viu... 
Mas, sempre dou um jeitinho para escapulir e dar um beijinho "na fulô"...rs


Como sei que você (como eu) aaaatooooraaaaam um #DIY, "k" estou com mais um!
Meus controles remotos da TV/DVD/detonados de tanto cairem no chão/um cadim sujinhos... precisavam de uma casinha!!!

 E o que eu fiz? Ã?
Claaaaaro!!! Um porta-controle remoto para chamar de meu!
Só que ele é o mais legal da Galáxia! rs
É feito com pecinhas LEGO.
(Não é o original mas, "tá valenu!")


Imaginem 1000 pecinhas LEGO todinhas coloridinhas e lindinhas, dentro de uma mochila transparente chegando na sua casa!!! E prontinhas para serem montadinhas!!! 
Woooong...

Como tudo na vida, existem os pros e os contra, néanh?

  • Por exemplo: As cores deixaram a desejar...senti falta das cores mais pasteis...além do rosa e o lilás! (Kedê?!?!?!)

  • Outra coisa que me deixou #xatiada : Não tem aquela base quadrada!!! (Como fazer o fundo sem ela? )



 No mais...tá "bão"...
A montagem foi facim...fiz num dia em que eu estava de folga do trampo. (Não requer prática, nem tão pouco habilidade...mamão com açúcar, gentem!)

As 1000 peças eu comprei através do site do Mercado Livre, no ano passado. 


Algumas considerações ao terminar de montar: É interessante que você passe um pouquinho de cola quente ou cola super bonder para não desmontar - isso, se você deixar montado em definitivo.
 Caso contrário, coloque só um "cadim" de cola quente para não passar nervoso como eu passei ao terminar de montar e ver tuuuudo desmoronar ....
ts...ts...ts...


Quando comprei as peças, a intenção era montar um porta talheres para a cozinha. But, como na minha cozinha as cores predominantes são: azul, rosa, preto e branco, desisti.

E o que fazer afinal com 1000 pecinhas? 
Pense!
Pense!
Pense!
Ló-gi-cooooo!!!
Bóra fazer um controle-remoto para...ããã...os ... controles-remoto... rs
Ainda há umas 352543654,452524 peças de lego dentro da mochilinha...e farei algumas pesquisas (principalmente no site do Pinterest) e me divertir montando.

"Grandes coisas fez o Senhor por nós, por 

isso estamos alegres." 

(Salmos 126:3)


Molts petons!!! Bona tarda!!
Hasta!!!

Sigam-me os bons:

@meninarosa *** Store menina rosa *** Instagram ***


 Facebook *** Flickr *** Micro-contos da menina 

Pin It button on image hover